icone telefone(11) 3522-9303 | (11) 9 4234-0637 | (11) 9 9550-1602 contato@ecoecoworking.com.br Rua Barão de Tatuí, 544 - Vila Buarque, São Paulo/SP
Home / Blog / Postagem
Coworking

ESG: O que é e por que é tão importante para as empresas?

Você já deve ter ouvido por aí sobre a crescente preocupação em relação às mudanças climáticas, certo? A pauta de sustentabilidade tem se mostrado cada vez mais urgente e necessária para a sobrevivência da espécie humana, tanto que diversas empresas vêm assumindo compromissos para reduzir o impacto no meio ambiente e investindo em processos cada vez mais sustentáveis e ecológicos.

ESG é a sigla para Environmental, Social e Governance

Você já deve ter ouvido por aí sobre a crescente preocupação em relação às mudanças climáticas, certo? A pauta de sustentabilidade tem se mostrado cada vez mais urgente e necessária para a sobrevivência da espécie humana, tanto que diversas empresas vêm assumindo compromissos para reduzir o impacto no meio ambiente e investindo em processos cada vez mais sustentáveis e ecológicos. A atitude faz parte do ESG, um conjunto de boas práticas criadas para tornar uma empresa consciente, sustentável e corretamente gerenciada. 

A sigla ESG representa as palavras Environmental, Social e Governance em inglês e pode ser traduzida como ambiental, social e de governança. Cada uma das 3 palavras corresponde a um pilar do movimento. Confira a seguir:

Environmental (Ambiental): é voltado para a preocupação das empresas em desenvolver ações para lidar com o aquecimento global e a emissão de carbono, poluição do ar e da água, desmatamento, gestão de resíduos, escassez da água, biodiversidade, eficiência energética e demais assuntos ambientais.

Social: é relacionado a diversidade da equipe, respeito aos direitos humanos e às leis trabalhistas, proteção de dados, relacionamento com a comunidade, satisfação dos clientes, bem-estar dos colaboradores e tudo mais que envolve o lado social da empresa.

Governance (Governança): trata de assuntos como a composição do Conselho, conduta corporativa, remuneração dos executivos, estruturação do comitê de auditoria e da relação com entidades do governo e políticos.

Os 3 pilares  do ESG servem para avaliar a empresa, além do aspecto financeiro, analisando os impactos da organização na sociedade. Dessa forma, investidores conseguem decidir em qual negócio investir, optando sempre por empresas alinhadas aos interesses do mercado.

Como o EGS impacta nas novas governanças corporativas?

A cobrança por boas práticas vem tanto por parte dos investidores que buscam por empresas focadas em manter a longevidade do negócio quanto por parte dos consumidores que estão cada vez mais optando por empresas transparentes e éticas.

Quem consegue incorporar os 3 pilares, gera mais valor de mercado, ganha a confiança dos investidores e consumidores e possui mais chances de prosperar nos próximos anos. 

O ESG é um movimento que já está acontecendo pelo mundo todo e encontra-se no estágio inicial no Brasil, mas a expectativa é que as questões sociais e ambientais tornem-se cada vez mais importantes para as empresas, assim como já é para a sociedade.

As gigantes da tecnologia como a Apple e a Microsoft já anunciaram o compromisso de reduzir a emissão de carbono em seus processos produtivos até 2030. Já a Amazon se comprometeu a não emitir mais CO2 até 2040, além de substituir a energia consumida em suas operações por soluções renováveis.

Regeneração nas relações de trabalho

Para dar certo, o ESG deve fazer parte da cultura da empresa, guiando as ações dentro dos vários setores e departamentos, sendo parte dos valores de cada colaborador, com uma preocupação verdadeira em tornar o mundo um lugar melhor para todos.

É mais do simplesmente implementar ações sustentáveis, é promover ações regenerativas que ajudem a recuperar o meio ambiente. Não é suficiente apenas parar de esgotar os recursos naturais, mas sim desenvolver alternativas para a forma como vivemos, pensando em como levar uma vida que não destrói o planeta.

Para isso, é necessário promover no ambiente de trabalho, diálogos e reflexões sobre como regenerar o planeta e também as nossas relações com o outro. É preciso começar de dentro, já que com colaboradores engajados em promover mudanças, torna-se mais simples pensar em soluções que tragam o bem-estar para a humanidade.

A incorporação das práticas de ESG são tão fundamentais para o futuro das empresas quanto para a sobrevivência humana. E a hora de começar é agora.

Aqui no ECOE Coworking mantemos um compromisso com a sustentabilidade, por isso, trabalhamos ativamente para trazer soluções ecológicas para a nossa rotina, incluindo diversas práticas sustentáveis. Desde o momento do cafézinho, que conta com copos reutilizáveis, até a iluminação, que é feita com LED. Também temos uma composteira, além de coleta seletiva para diminuir o impacto do lixo produzido por aqui.

Quer saber mais sobre o ECOE Coworking? Venhas nos visitar na Rua Barão de Tatuí, 544 – Vila Buarque, São Paulo/SP